Perfil de Investidores
|
|
Login: Senha:
Empresas pesquisadas
Porque assinar
O que é Mkt. Cultural
50 Dicas de Mkt. Cultural
Dúvidas Frequentes
Cultura em números
Contato
Expediente
Regras Básicas de Captação
Sugira uma Pauta


Orientações e manuais

O Ministério da Cultura publicou em junho/13 nova Instrução Normativa que fez diversas modificações em relação à IN anterior. Disponibilizou também vários Manuais de orientação quanto a formulação e encaminhamento de projetos ao MinC com vistas à lei Rouanet, questões administrativas, prorrogação, entre outros.

Conheça a Instrução Normativa e os Manuais disponíveis.








 

Edição 131

Examine e acesse, se for assinante, o conteúdo da revista em formato HTML ou PDF através do sumário abaixo:



  Mercado
Pão e paquiderme
Conheça a história de uma padaria que resolveu comprar uma cota de projeto que permite adotar um elefante e já traçou toda uma estratégia de marketing para tirar o melhor proveito disso. Primeira providência: colocá-lo em frente ao estabelecimento. Segunda: leva-lo à praia para ajudar nas vendas. São coisas do Elephant Parade (e de Floripa).

Ler mais >>


Fernando Leira
Verba dita o orçamento
Ex-ator mirim se tornou um eficiente produtor de audiovisual e dá várias dicas sobre erros e acertos num contato com grandes empresas. “Com a democratização das mídias digitais, a concorrência cresceu e a verba diminuiu. Não é mais o orçamento que dita a verba; a verba é que dita o orçamento”. Palavras de Edmundo Albrecht, o ex Matraca da TV Globinho. Confira entrevista.

Ler mais >>
Maximilianos

 Patrocínio
Prega o óbvio
E-book de experiente produtor se oferece como guia de consulta para que diretores de marketing sejam mais eficazes na utilização de patrocínios culturais. Escolado por mais de 20 anos tramitando pelos dois lados do balcão, Ricardo Maia tem como alvo todo aquele que se dispõe a receber, avaliar ou simplesmente autorizar a compra de uma cota de patrocínio pela empresa.

Ler mais >>



Maximilianos
E explica porque
Em entrevista à Marketing Cultural, Ricardo Maia explica porque, após dezenas de anos de vigência da lei Rouanet e R$ 16 bilhões aplicados em cultura no período, ainda é preciso escrever um livro para servir como guia a diretores de marketing tratarem melhor o patrocínio. Segundo ele, “ainda existe um comodismo muito grande por parte das empresas em relação a usar essa ferramenta apenas como incentivo fiscal, infelizmente”.

Ler mais >>
Maximilianos



Aproveite e confira o perfil de 700 empresas que patrocinam cultura utilizando lei federal de incentivo. É um trabalho exclusivo para assinantes. Incluímos no Perfil não somente companhias que estão no ranking de maiores investidores, mas também aquelas que já fizeram parte do ranking e que, momentaneamente, aplicaram valores menores do que em anos anteriores ou nem aplicaram. Dezenas de empresas são estreantes no Perfil, que inclui itens como Razão Social, Lucro Líquido, Critérios para incentivo, Endereço e contato, Como enviar Projeto, entre outros. O assinante poderá utilizar campo de busca para pesquisar quais empresas patrocinaram um determinado segmento cultural, além de poder busca-las por ordem alfabética, valor investido ou unidade da Federação. Outro campo permite pesquisar empresa patrocinadora por área de atuação, que pode ser escolhido entre Indústria, Comércio ou Serviço. 

Para ir à página do Perfil dos Patrocinadores acesse por Aqui


 Perfil
Apoio com assento
Ela não utiliza incentivo fiscal e já apoiou mais de 100 ações culturais, que atingiram perto de quatro milhões de pessoas desde 2011, ano em que estabeleceu seu programa de patrocínio. Saiba como funciona o Projeto Avianca Cultural e quais os perfis dos projetos que mais se beneficiaram dele. E de quebra saber o que deve fazer para ter o apoio da empresa.

Ler mais >>


Maximilianos
Entrevista
Gerente Geral de Comunicação e Marketing da Avianca, cargo que exerce desde 2010, Flávia Zülzke explica, em breve entrevista à Marketing Cultural, porque a empresa não utiliza leis de incentivo e como é o processo de aprovação do planejamento para apoio às ações dos próximos seis meses. É dela a função de receber e analisar os projetos culturais que chegam à companhia em busca de patrocínio.

Ler mais >>
saxofone

 Plásticas
Exposição, mas não só
Lá se vai o quarto ano de um programa em que a arte e as relações humanas se entrelaçam dentro de uma metodologia que transforma a favela em território de invenção. A exposição Travessias – Arte Contemporânea na Maré faz parte do acúmulo de formulações conceituais, metodologias e debates promovidos pelo Observatório das Favelas, envolvendo atores da Maré e de outros espaços populares do Rio. Vale conhecer.

Ler mais >>

saxofone

 Artigo
Carência com alma
Maré é um dos maiores conjuntos de favelas do Rio de Janeiro. Lá se encontram 140 mil pessoas vivendo em 16 comunidades populares. Mas ela é um território feito de encontros entre pessoas e vidas socialmente construídas, e não um conjunto de casas ou ruas apressadamente consideradas como precárias ou carentes. Saiba o que pensa Jorge Barbosa, Coordenador do Observatório das Favelas.

Ler mais >>

Maximilianos

 Leis
Qual é a dúvida?
Seção responde a dúvidas sobre legislação cultural ou mercado da cultura. Nessa edição respondemos à pergunta do leitor: “Tenho dúvidas na confecção de orçamento. O espaço onde será realizado o projeto cultural é alugado. Posso inserir essa locação, visto que é para fins culturais do projeto? Serviços como bar, foto, filmagem (prestadores de serviço) podem entrar também?”. Conheça respostas a outras questões.

Ler mais >>


Esqueceu sua senha?

ASSINE AQUI
Assine aqui a revista Marketing Cultural Online

Perfil de Investidores


Edições Anteriores
Edição 130
Edição 129
Edição 128